Governo destina R$ 80 milhões para reconstrução de estradas na Bahia


Segundo ministro da Infraestrutura, novo crédito extraordinário deve ser aberto na próxima semana para socorrer famílias afetadas pelas chuvas

PORTO VELHO, RO - O presidente Jair Bolsonaro publicou medida provisória (MP) nesta terça-feira (28) abrindo crédito extraordinário de R$ 200 milhões para a reconstrução de estradas e rodovias afetadas pelas chuvas.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse à CNN Brasil que R$ 80 milhões do montante serão destinados à Bahia, que enfrenta uma tragédia que já deixou 20 mortos e mais de 30 mil desabrigados e desalojados.

“Todo valor de R$ 80 milhões é para Bahia. Também temos emergências no Amazonas, Pará, Minas Gerais e São Paulo”, explicou o ministro.

Segundo ele, é uma primeira parcela de crédito extraordinário que será destinado ao estado nordestino. A CNN Brasil antecipou na segunda-feira (27) que o governo federal discute enviar pelo menos mais R$ 10 milhões para o financiamento de cestas básicas, aviões de resgate e ajuda humanitária.

“É uma primeira parcela de crédito extraordinário. Na semana que vem, devemos ter a edição de outra medida provisória de crédito extraordinário com mais recursos para a Bahia”, explicou.

O ministro afirmou que o valor ainda não foi fechado. Segundo ele, “continua chovendo e os estragos aumentando”. Até o momento, o governo federal destinou cerca de R$ 20 milhões ao estado.

“A próxima medida provisória deve contemplar recursos também para Defesa Civil e ações de assistência imediata às vítimas e recuperação das áreas atingidas”, explicou.

Segundo apurou a CNN Brasil, serão contempladas iniciativas dos ministérios da Cidadania, Desenvolvimento Regional, Saúde, Defesa e Infraestrutura.

Diante das fortes chuvas que atingem a Bahia, o município de Itajuípe, no sul do estado, conta com mais de 800 famílias desabrigadas e uma crise no abastecimento de água potável.

Assim como partes das rodovias BR-155/PA e BR-158/PA, no estado do Pará, e as BR-319/AM e BR-174/AM, no estado do Amazonas, que são as únicas que fazem ligações com importantes centros logísticos e de escoamento via terrestre.


Fonte: CNN


Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem