Polícia Rodoviária Federal começou a desinterditar a BR 364 para testes, porém só de madrugada

 


PORTO VELHO, RO 
- Começaram madrugada desta segunda-feira os testes para liberação da BR, em trecho entre Ariquemes e Itapuã do Oeste, nas imediações do trevo que dá acesso à Alto Paraíso, onde está sendo realizada pelo DNIT a elevação da pista.

Os testes estão sendo feitos em meia-pista, a já foram paralisados nesta manhã, com expectativa de retomada na madrugada da terça-feira 1º. Possivelmente, o trecho estará totalmente liberado para o tráfego ainda no dia primeiro de março.

Confira abaixo o comunicado oficial da PRF:

INCIDENTE DE TRÂNSITO - BLOQUEIO DE PISTA

DEPARTAMENTO DE POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

SUPERINTENDÊNCIA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL EM RONDÔNIA

Sábado, 27 de fevereiro de 2022

Liberação parcial da BR 364 Km 540 para testes

A Polícia Rodoviária Federal em Rondônia informa sobre as condições de trânsito na BR 364 Km 540 entre os municípios de Ariquemes e Itapuã do Oeste.

O DNIT com apoio do DER/RO concluí, na noite deste domingo, meia pista de alteamento. Para a circulação de veículos com segurança ainda é necessário o trabalho de compactação do solo. A conclusão total das obras está prevista para o final da terça-feira (1);

Com objetivo de desafogar o trânsito na região, o fluxo de veículos será liberado em OPERAÇÃO PARE E SIGA, iniciando às 23h59 de hoje e encerrando às 06h00 da manhã de segunda-feira (28), horário em que as máquinas e colaboradores voltarão aos trabalhos.


 
Durante a madrugada, o fluxo será liberado durante uma hora em cada sentido da via.

Exemplo:

das 00h às 01h liberado sentido Porto Velho;

das 01h às 02h liberado sentido Ariquemes;

das 02h às 03h liberado sentido Porto Velho; é assim por diante.

Ao amanhecer as obras serão retomadas e o fluxo de veículos será interrompido COMPLETAMENTE Uma nova reabertura só ocorrerá às 22h00 de segunda-feira (28), repetindo a operação pare e siga.

Não há condições de segurança manter meia faixa liberada ao mesmo tempo em que as obras são realizadas, por isso foi tomada a decisão de liberar o fluxo somente nos momentos de paralização das atividades.

Fonte: PRF/RO
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem