Ponte arrastada pelo Jamari é reconstruída após meses de paralisação em Alto Paraíso

A população utiliza balsas para fazer a travessia, valor pago para chegar ao outro lado da via pode chegar até R$ 90

Porto Velho, RO -
As obras da ponte sobre o rio Jamari, arrastada pela cheia de 2019, foram retomadas após meses paralisadas. A construção da nova estrutura foi paralisada em fevereiro deste ano por conta da cheia do rio.

Ao longo de três meses a obra ficou parada. A população utiliza balsas para fazer a travessia. O valor pago para chegar ao outro lado da via pode chegar até R$ 90.

A empresa responsável pela obra informou que já começou o levantamento da passarela. Em seguida será feita a montagem das ferragens e concretagem da primeira transversina da estrutura.

O coordenador de planejamentos, projetos e orçamentos de obra do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Diego Souza Auler, informou que a equipe ainda espera que o nível do rio baixe cerca de 80 centímetros para iniciar a outra parte dos trabalhos.

Segundo o Governo de Rondônia, a nova estrutura tem investimento de aproximadamente R$ 8,5 milhões.

A construção da ponte teve início no final do ano passado e tinha a previsão de ser entregue em setembro de 2022. De acordo com a assessoria de comunicação do DER, o prazo mudou e haverá uma reunião com a empresa que está executando a obra para que seja definida a nova data para a conclusão da ponte.


Fonte: Diário da Amazônia 
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem