Verdadeira Dona do Pedaço processa Globo e pede indenização milionária

Sandra Rodrigues Campos alega que sua história foi roubada e diz ser a verdadeira Maria da Paz, interpretada por Juliana Paes na emissora

Porto Velho, RO - A Globo se tornou alvo de um processo milionário por conta da novela A Dona do Pedaço. De acordo com caso apresentado no interior de São Paulo, Sandra Rodrigues Campos alega ser a verdadeira Maria da Paz e afirma que a emissora copiou sua história ao colocar Juliana Paes para interpretar a personagem na novela de Walcyr Carrasco.

No processo, cujos detalhes foram divulgados pelo site Notícias da TV, a vendedora pede R$ 5 milhões por danos materiais, R$ 5 milhões por danos morais e mais R$ 5 milhões de indenização por lucros cessantes. Sandra também quer proibir que a Globo use a marca A Dona do Pedaço, que afirma se referir a ela desde 2004.

A mulher que processa a Globo começou a vender bolos caseiros na rua, com uma receita familiar aprendida com a avó, bem como a personagem da trama global. Em 2004, Sandra começou um projeto na televisão chamado A Dona do Pedaço, preparando receitas e fazendo entrevistas. Desde então, esse se tornou o apelido da boleira.

“Resta claro e nítido que a empresa ré [Globo] tinha todo conhecimento da história da autora e que a mesma era conhecida como a Dona do Pedaço. Logo, a empresa ré não comprou apenas a marca e sim toda história da autora”, acusa no processo.

Sandra afirma que foi surpreendida quando a novela batizada com seu apelido entrou no ar no horário nobre da Globo. Na trama, a atriz Juliana Paes deu vida à protagonista, Maria da Paz, divorciada, com uma filha, e de origem humilde. A personagem encontra nas receitas de família o segredo para se tornar uma famosa boleira.


Fonte: Diário da Amazônia
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem