Caps AD aposta no atendimento humanizado para tratamento de dependência química

 Centro conta com equipe multidisciplinar para acolhimento e tratamento de pacientes

Porto Velho, RO - O atendimento humanizado é uma das prioridades da equipe do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (Caps AD) de Porto Velho, unidade que fornece tratamento gratuito a pessoas com idade superior a 17 anos contra a dependência de substâncias psicoativas.

Como parte do tratamento, a família do paciente também é acolhida, participando todas as sextas-feiras, às 9h, da reunião do grupo terapêutico. “Aqui nós não julgamos. Nosso trabalho é acolher o dependente, orientando e oferecendo tratamento para eventos de redução de danos como grupos terapêuticos, oficina de violão e psicoterapia individual. Assim, o mesmo decide se vai continuar”, explica Shelton Alisson Botelho Pereira, diretor do Caps AD.

O serviço envolve, ainda, consultas com psiquiatra, clínico geral, psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais e um total de 22 profissionais que formam uma equipe multidisciplinar.

Com uma média de mais de 90 novas admissões ao mês, o diretor detalha que o Caps AD busca, de todas as formas, mostrar para o paciente que ele não está sozinho, oferecendo apoio da admissão e, até mesmo, com visitas domiciliares para busca ativa, no caso de ausência das consultas.

“Quando tratamos um dependente é interessante que ele saiba o valor que tem como ser humano, é preciso motivá-lo, mostrando que os erros do percurso não definem uma vida inteira. É possível sim vencer o vício, basta ter foco e determinação, além de buscar ajuda”, completou.

O Caps AD funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h30, na avenida Guaporé, 3929, bairro Agenor de Carvalho. O atendimento é ofertado por livre demanda. O telefone para mais informações é o (69) 98473-2898.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem