Prefeitura realiza limpeza no igarapé do Parque Jardim das Mangueiras

 Município trabalha com recuperação de nascentes em Porto Velho

Porto Velho, RO - Trabalhando para tornar o Parque Jardim das Mangueiras uma Área de Proteção Ambiental (APA), a Prefeitura promove a recuperação do igarapé que corta o local. Os trabalhos contemplam a identificação e recuperação de nascentes e o combate ao despejo irregular de lixo e esgotamento sanitário no curso d’água.

O local possui 7,14 hectares de espaço público usado para lazer e atividades físicas, e também nove nascentes já identificadas. A meta agora é descontaminá-las.

A limpeza é feita por equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema). Segundo o coordenador de Restauração Ambiental da pasta, Roberval Zuniga, o asseio do igarapé faz parte de um outro projeto voltado para a recuperação das nascentes de Porto Velho.

“Temos observado que alguns usuários têm usado esse curso d'água como depósito de lixo. Somado a isso, ainda temos resíduos dos efluentes que chegam aqui através das residências que estão nessa área do entorno do parque. Por isso, trabalhamos no projeto das nascentes com o recolhimento de resíduos do córrego, desobstrução, filtração do canal do esgoto, além do repovoamento de espécies arbóreas e adensamento de espécies nativas para tornar o parque cada vez mais agradável à população”, explicou o coordenador.

Roberval Zuniga, coordenador de Restauração Ambiental da Sema

ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL

Segundo o secretário adjunto da Sema, Júnior Cavalcanti, o projeto de transformar o Parque Jardim das Mangueiras em Área de Proteção Ambiental (APA) já foi encaminhado à Procuradoria Geral do Município (PGM).

“O decreto para a criação da Área de Proteção Ambiental já está em processo. Após o parque receber a certificação de proteção ambiental, será elaborado um plano de manejo da forma mais correta de se utilizar esse espaço através da preservação. Será um grande avanço ambiental para o município de Porto Velho”, falou.

PRESERVAÇÃO

Para manter a limpeza do local, o secretário adjunto explica que mais lixeiras serão colocadas ao longo da pista de caminhada e que é necessário que a população preserve o local.

“Falta uma conscientização maior de alguns usuários desse parque. Para isso, nós iremos desenvolver um projeto de educação ambiental no período da tarde e também estamos organizando a vinda de alunos de escolas municipais para mostrar a forma correta de utilização desse espaço. O objetivo é passar a essas crianças o princípio básico de preservação do meio ambiente”, falou.

Em caso de descarte incorreto de lixo ou entulho em locais inapropriados, a população pode denunciar ligando para o número 0800 647 1390 ou 3901-3150.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem