Prefeitura de Porto Velho disponibiliza método que previne infecção pelo vírus HIV

Método está disponível no Serviço de Atendimento Especializado (SAE)

Porto Velho, RO -
A Prefeitura de Porto Velho disponibiliza na rede municipal de saúde o serviço de Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP), conforme indicação médica. Esse serviço segue as diretrizes terapêuticas do novo protocolo clínico do Ministério da Saúde, indicado para os adultos e adolescentes sexualmente ativos sob risco aumentado de infecção pelo HIV.

Trata-se de um método que previne a infecção pelo HIV, fazendo uso de medicamentos antirretrovirais, os quais são tomados antes da exposição sexual ao vírus.

Esse método está disponível, sob agendamento, no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) desde o início de 2019, onde existem 230 usuários cadastrados para esse serviço.

O endereço é rua Duque de Caxias, nº 1960, bairro São Cristóvão, entre as ruas Salgado Filho e Getúlio Vargas, Centro de Porto Velho.

POPULAÇÕES-CHAVES

De acordo com o Programa das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), as populações-chaves correspondem pela maioria dos novos casos de HIV/Aids no Brasil, que são compostas por homosexuais e outros homens que se relacionam com pessoas do mesmo sexo (HSH), transgênero e trabalhadoras (es) do sexo, entre outros.

De acordo com dados coletados pelo Ministério da Saúde, os jovens são considerados uma das populações prioritárias para o HIV, com um aumento importante da incidência da infecção no grupo de adolescentes, principalmente aqueles pertencentes às populações-chave. Porém, os especialistas afirmam que o simples fato da pessoa pertencer a um desses grupos não é suficiente para caracterizá-la com frequentes situações de exposição ao HIV, pois é necessário considerar outros fatores.

MAIS EXPOSTOS

Ficam mais expostas ao HIV as pessoas que frequentemente praticam relações sexuais (anais ou vaginais) sem usar preservativo, as que fazem sexo com parcerias eventuais, aquelas que possuem histórico de IST (Infecção Sexualmente Transmissível) e busca de PEP, que é outra profilaxia existente pós exposição ao sexo de risco, além dos que praticam relações sexuais por dinheiro, droga, objetos de valor, moradia ou mesmo sob efeito de substâncias psicoativas.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem