Município intensifica fiscalização e cumprimento de uso das faixas de pedestres em Porto Velho

Medida busca orientar a população sobre os deveres e responsabilidades no trânsito

Porto Velho, RO - 
Com o retorno do ano letivo presencial definido para o próximo dia 9 de fevereiro, a Prefeitura intensifica a fiscalização e o cumprimento do uso das faixas de pedestres em Porto Velho. A medida busca orientar pedestres e motoristas sobre a importância de respeitar as faixas.

“O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) mostra claramente que são os pedestres que têm prioridade nas vias. Não é somente na faixa que eles possuem prioridade, mas em qualquer lugar que queiram fazer uma travessia”, explica Ronaldo Flores, secretário municipal de trânsito.

Com a campanha “É na faixa de pedestre que o respeito pede passagem”, a Secretaria Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana (Semtran) vem distribuindo, ao longo de um ano, materiais com orientações sobre os deveres que cada cidadão deve seguir para transformar o trânsito em um espaço mais seguro e democrático a todos.


Campanha do município busca conscientizar motoristas e pedestres

São deveres do pedestre, por exemplo, aguardar na calçada antes de realizar a travessia na pista; fazer contato visual com os condutores de veículos para garantir que ele seja visto; estender a mão para sinalizar a intenção de travessia; olhar para ambos os lados, certificando-se que todos os veículos obedeçam aos sinais de parada; estar atento aos movimentos de motos ou bicicletas entre os corredores formados pelos veículos também é outra medida que ajuda a salvar vidas.

Já para os condutores de veículos com tração motora e humana, a responsabilidade é redobrar a atenção e diminuir a velocidade gradativamente ao se aproximar da faixa; avaliar as condições no entorno do veículo antes de dar prioridade ao pedestre; acenar aos motoristas que não perceberem a travessia de pedestres com a palma da mão, ou simplesmente, ligando o pisca alerta do veículo; dar passagem ao pedestre, acompanhando pelos retrovisores a movimentação dos veículos que se aproximam, intervindo com as mãos ou sinais de alerta do veículo se achar necessário; aguardar a travessia completa do pedestre antes de colocar o veículo em movimentação.

“Condutores de motocicletas e automóveis, inclusive motoristas profissionais e até mesmo os ciclistas, em algum momento serão pedestres. É por esta razão que o CTB determina que os veículos maiores deverão sempre zelar pela segurança dos veículos menores, de tração motora ou não, e de pedestres”, finaliza o secretário.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Carlos Sabino
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem