População de rua aumentou 281% em Porto Velho

Em 2016, cerca de 116 pessoas viviam nas ruas da Capital, atualmente o número subiu para 442

Porto Velho, RO - 
Nesta segunda-feira (31), a Prefeitura de Porto Velho divulgou 442 pessoas estão em situação de Rua na Capital. Segundo a pesquisa, todos já foram imunizados contra a Covid-19.

O censo de rua foi criado pela Prefeitura com objetivo de traçar o perfil das pessoas em situação de rua e melhorar o planejamento de políticas públicas.

Na última ação realizada em 2016 o censo calculou que 116 pessoas estavam em situação de Rua em Porto Velho na época.

Em cinco anos o número saltou de 116 para 442 pessoas, representando um aumento de aproximadamente 281% de pessoas nessa condição. Entre os principais motivos apontados que levam as pessoas a situação de rua são desemprego e dependência química.

A Prefeitura informa que as pessoas em situação de risco pessoal e social por causa de abandono, maus tratos, abuso sexual, trabalho infantil, entre outros podem procurar ajuda no Centro de Referência Especializada em Assistência Social (Creas), que funciona 24 horas e fica localizado na avenida Prefeito Chiquilito Erse, também conhecida como avenida Rio Madeira, número 2707, no bairro Embratel.

Fonte: Diário da Amazônia
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem