O DIA NA HISTÓRIA

  

PORTO VELHO, RO 

BOM DIA 24 DE MARÇO!

COMEMORA-SE

Dia Mundial de Combate à Tuberculose, Dia da União dos Povos Latino-Americanos. 

 Dia Internacional para o Direito à Verdade sobre Graves Violações dos Direitos Humanos e pela Dignidade das Vítimas

Católicos lembram Santa Catarina da Suécia. Beato Oscar Romero. Beato Simão de Trento.

BRASIL

1941 - Carmen Miranda se torna a primeira e única artista brasileira eternizada na Calçada da Fama de Hollywood. 1991 – Primeira vitória de Ayrton Senna no grande prêmio Brasil de Fórmula 1. 1998 — Entra em vigor a “Lei Pelé”, extinguindo o passe e regulamentando a transferência de jogadores.

MUNDO

1829 — O Parlamento do Reino Unido aprova permissão a que católicos ocupem assentos no Parlamento. 1882 — Robert Koch descobre da bactéria responsável pela tuberculose.1905 - Morre o escritor Júlio Verne, autor de “Terra à Lua” e “Vinte Mil Léguas Submarinas”. 2020 — Pela primeira vez na história, os Jogos Olímpicos de Verão são adiados em um ano devido à pandemia de COVID-19.

 FOTO DO DIA

Desde 1959, assinadas pelo jornalista Manoel Rodrigues Ferreira, matérias citando a necessidade da interligação rodoviária de Rio Branco/Porto Velho com o restante do país aparecem no jornal paulistano “A Gazeta”, e nos dias 16 e 19 de janeiro o mesmo autor repete a cobrança, o que é lembrado em outra matéria (foto) no dia 11 de fevereiro, seis dias após o presidente JK ir à televisão e anunciar que estava mandando realizar o trabalho, com inauguração prevista para dezembro. Entusiasta da região, ele várias vezes escreveu sobre o então Território Federal de Rondônia, a ferrovia Madeira-Mamoré e seus personagens. Em 1980 começou uma campanha contra a venda dos restos da EFMM como ferro velho. Manoel Rodrigues Ferreira é o autor de “Ferrovia do Diabo”, cujo título ele propôs ser “A Ferrovia Madeira-Mamoré”, mas foi vencido pelos editores que queriam um título que atraísse o leitor.


Fonte: Lúcio Albuquerque

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem