Maternidade Municipal é a única do Estado a ter a certificação “Hospital Amigo da Criança”

 Título é conferido pelo Ministério da Saúde desde o ano de 2010

Porto Velho, RO - A Maternidade Municipal Mãe Esperança (MMME), em Porto Velho, é a única unidade de saúde do Estado a possuir a certificação Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), conferida pelo Ministério da Saúde desde 2010. O título é atribuído a instituições que respeitam os dez passos para o sucesso do aleitamento materno e os cuidados amigos da mulher.

Certificação assegura alta taxa de aleitamento materno

O reconhecimento se deve ao trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e a MMME. Segundo a pediatra Dra. Lúcia Maiorquin, que atua na unidade, a certificação assegura o aumento da taxa de aleitamento materno e proporciona que os recém-nascidos tenham menos chance de sofrer intervenções desnecessárias logo após o parto.

“Este tipo de abordagem faz com que a paciente tenha um atendimento de excelência em um lugar seguro. A humanização e o estímulo ao aleitamento fazem com que exista a diminuição dos riscos de complicações deste processo fragilizado, que é o parto. Tudo isso faz com que seja menor o tempo de separação entre o bebê e a mãe, fortalecendo o vínculo materno, diminuindo os riscos de abandono e aumentando a chance da amamentação perfeita”, explicou a pediatra.

Para a manutenção do selo, o local é avaliado periodicamente pelo Ministério da Saúde, que leva em conta a atenção e o cuidado respeitoso à mulher durante os períodos de pré-parto, parto e pós-parto, bem como a realização de cursos com servidores para garantir o ajuste das práticas e o fortalecimento das ações. A direção e a equipe da maternidade devem encaminhar os dados anualmente ao Ministério da Saúde.

Lúcia Maiorquin, pediatra na Maternidade Municipal Mãe Esperança

AMIGO DA CRIANÇA

A Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) é uma estratégia lançada em todo o mundo pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1990, com o intuito de promover, proteger e apoiar o aleitamento materno no âmbito hospitalar.

No Brasil, desde 1992 o Ministério da Saúde certifica instituições que cumprem os "Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno", com o título de IHAC. Os passos exigidos são:

1. Ter uma política de aleitamento materno escrita que seja rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde.

2. Treinar toda a equipe, capacitando-a para implementar esta política.

3. Informar a todas as gestantes atendidas, sobre as vantagens e o manejo da amamentação.

4. Ajudar as mães a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto.

5. Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se forem separadas dos seus filhos.

6. Não dar ao recém-nascido nenhum outro alimento ou bebida, além do leite materno, a não ser com indicação clínica.

7. Permitir o alojamento conjunto para que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas por dia.
8. Incentivar a amamentação sob livre demanda.

9. Não dar bicos artificiais ou chupetas às crianças amamentadas e lactantes.

10. Promover a formação de grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem