Nova York e Tóquio são as cidades com maior número de milionários

Área da baía de São Francisco também está incluída

Porto Velho, RO
- Nova York, Tóquio e área da baía de São Francisco são os lugares onde vive a maioria dos milionários. Riad e Sharjah foram as cidades que mais atraíram os muito ricos, especialmente russos.

A empresa internacional de consultadoria imobiliária Henley & Partners Group, com sede em Londres, divulgou novo ranking das cidades de acordo com o número de milionários residentes.

Metade das dez cidades com mais milionários está nos Estados Unidos, mas Tóquio, no Japão, também faz parte da lista. São Francisco, no estado norte-americano da Califórnia, destronou Londres que caiu para o quarto lugar.

O relatório define milionários como aqueles que têm capacidade financeira de US$ 1 milhão ou mais.

Nova Iorque lidera o ranking, com 107 moradores multimilionários que detêm património líquido de US$ 640 bilhões, apesar de uma análise mais detalhada dos dados revelar que a cidade perdeu 12% de milionários no primeiro semestre de 2022. A área da baía de São Francisco teve aumento de 4% e Londres teve queda de 9% da população rica.

Arábia Saudita

A capital da Arábia Saudita, Riad, e Sharjah, a terceira cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos, são as que mais cresceram com novos milionários neste ano.

Abu Dhabi e Dubai foram também duas das cidades que mais atraíram os ricos. De acordo com o Bloomberg, a emigração de russos contribuiu para o registro de afluência nos Emirados Árabes Unidos, já que o país apresenta regime tributário baixo e novos esquemas de residência.

Pequim e Xangai, que ocupam o nono e décimo lugares na lista das cidades mais ricas, viram sair muitos dos habitantes milionários. A Henley & Partners estima que a China registrou a segunda maior saída de riqueza, logo depois da Rússia.


Fonte: Agência Brasil
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem