Flamengo x Palmeiras: Tite acompanhará clássico de olho em convocáveis para Copa

Técnico da seleção tem ao menos cinco jogadores envolvidos na partida no radar

Porto Velho, RO
- O técnico Tite vai acompanhar a partida entre Flamengo e Palmeiras, quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador da seleção brasileira estará acompanhado do analista de desempenho Bruno Baquete e o fisiologista Guilherme Passos.

O duelo entre as equipes, que decidiram o título da última Libertadores, conta com ao menos cinco jogadores no radar da comissão técnica do Brasil, visando a lista final de convocados para a Copa do Mundo do Catar, que acontecerá nos meses de novembro e dezembro.

Pelo lado do Flamengo, o treinador observará três jogadores do setor ofensivo. Gabigol é o principal deles. Com oito jogos e dois gols nas Eliminatórias para o Mundial, foi o quarto atacante brasileiro com mais minutos na competição, atrás de Neymar, Richarlison e Gabriel Jesus. Entretanto, vive momento de baixa, ausente na última lista do treinador.

O mesmo vale para Everton Ribeiro. Foram nove jogos e dois gols na campanha que levou o Brasil para a próxima Copa. Com o retorno de Philippe Coutinho, o camisa 7 rubro-negro perdeu espaço no grupo. Suas últimas atuações, de alto nível, podem recolocá-lo na briga.

Para completar, Pedro é reserva do Flamengo, mas agrada em cheio a comissão técnica da seleção. Ela procura um centroavante e o jogador se enquadra na demanda de Tite. Caso entre na partida, o atacante poderá mostrar algum serviço para o treinador, que já o colocou em campo uma vez nessas Eliminatórias.

Já no elenco do Palmeiras, os dois principais nomes observados por Tite são Weverton e Raphael Veiga. O primeiro atuou em quatro partidas nessas Eliminatórias. Não ameaça o status de Alisson e Ederson, mas está bem seguro na condição de terceiro goleiro da seleção. Deve ir para a Copa. O segundo nunca foi chamado por Tite, apesar da grande fase que vive no Palmeiras.

Suas chances de convocação são pequenas, apesar de estar no radar do treinador. A concorrência de Paquetá, Coutinho e o próprio Ribeiro é pesada. Sua sorte pode mudar se a Fifa confirmar o aumento da lista final de convocados para a Copa do Mundo, dos 23 tradicionais para até 26 jogadores.


Fonte: O GLOBO
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem